Segunda-feira, 25 de Abril de 2011

O Padre Jóse Sanches Pires, foi Capelão do B/CAV1917 Quitexe 67/69
 
 
A Roça Antoave ficava a meio caminho entre o Quitexe e Carmona

 

 
Cemitério do Quitexe

 
 
 
De oculos escuros o Tenente Coronel Camilo Rebocho Vaz, Governador -Geral de Angola 1966/72.
Em 1961 é empossado como Governador Distrital do Uije, o Governador visitava o Quitexe na data
de 15 de Março.O cemitério do Quitexe foi inaugurado em Março de 1961, com as vitimas do massacre. 
 

 

 

 
Fonte site terraweb
 
Militares do Exercito Português que estão sepultados no cemiterio do Quitexe

 

 

 

Nesta foto a NOCAL domina, Natal de 1967

 

Á esquerda Furrieis Azevedo, Ferreira e Edgar, Sold. «Andrade e Silva», Furriel Assunção, Sold. João Pereira e o Capitão Mil. Noel Gracias, Comandante da Compª de Cavalaria 1706 - Zalala 

 

 Nota* O Furriel Edgar foi morto no dia 04-09-68 por um 1º Cabo da mesma Compª, que estava embriegado 

 

 

 

Transmissões da Compª 1706, a esquerda em cima Silva, Coelho, Mario, Ventura e o Furriel Castelão, responsavel pelas transmissões da Companhia, em baixo Alves, Novais, Reis, Neto e Silva (palhaço)

 

 

Classe de Sargentos da Compª 1706 - Zalala, a esquerda em pé Silva, Melo(CCS), Felismino, Azevedo, Carreto, Sancadas, Lourenço e Carromeu 2ª fila Ferreira, Soares, Ramalho (CCS), Romão, Cacólioe Garraio, Sentado na mesa Assunção

 

 

Pelotão da 1706, fazendo uma "Excursão" nas matas, do Quitexe

 

 Equipa de Futebol da Compª 1706 - Zalala, de pé da esquerda para a direita, Alves, Chelas, Almeida, Costa Gregório e Alcantara, em baixo Novais, Carromeu, Adão, Ferreira e Freitas ano 1968 local Estádio do Quitexe 

 

 

Vila do Quitexe, imagem do Google Earth, ainda não com a

qualidade desejada mas aos poucos deve melhorar 

 

 

  

Convivio do C/Art 783 - Zalala, realizado em Caldas de Vizela em 11-06-2011

 

 

CCS do B/Art 786 Quitexe convivio realizado na Maia em 04-06-2011

 

 

 

 
Convivio do C/Art 784 do B/Art 786 - Liberato, realizado em Leiria em 28-05-2011
 
 
  
Video do convivio do B/Cav 1917 em São Pedro de Moel no dia 28-05-2011
 

 

Convivio do B/CAV 1917 Pelotão de Morteiros 1064, Quitexe, São Pedro de Moel 28-05-2011

 

 

Convivio do B/CAV 1917 Comp/1707 Liberato e Aldeia Viçosa, São Pedro de Moel 28-05-2011

 


Convivio do B/CAV 1917 Comp/1706 Zalala, São Pedro de Moel 28-05-2011

 

 

Convivio do B/CAV 1917 foto da CCS, São Pedro de Moel 28-05-2011

 

 
Casa do Cantoneiro virtual, transmissões da CCS do B/CAV. 1917- Quitexe
 

Furriel Estevinho  CCS/1917 e Soldado José Alvaro, Pelotão de Morteiros 1064 entre tachos e panelas ano de 1967

 

 

Estandarte do B/Cav. 1917

 

O "Cesar" gozando umas merecidas férias (Licença) no Quitexe em 1968, junto ao clube.

 

No terraço do Restaurante da Dona Maria Lazaro (Pacheco), ao fundo vê-se a secretaria da Companhia, por trás ficava o nosso (Restaurante).......Refeitório

 

21-07-1968 Visita do conjunto Académico João Paulo, ao Quitexe a actuação foi no clube a contar da esquerda, não reconheço o soldado, a seguir "Cesar", Sergio Borges o vocalista do conjunto, Carlos Alberto, Fur. Figueiredo, Zé Manel, em baixo "Billy", Chaves, Nobre e Costa

 

Eu e o titular do conjunto, João Paulo

 

 

César, o Duarte (Maqueiro), em pé o Jorge da secretária do Comando, como pano de fundo a padaria do Tiburcio

 

A malta estava sorridente, a esquerda "Cesar" João Pedro, Silva, Restolho, Cordeiro e Ribeiro, todos das transmissões excepto o João Pedro que era mecânico, por trás vê-se a escola e a direita parte do clube, a foto foi tirada junto ao Héli-porto, Quitexe 25-12-1968

Aqui estava eu todo aprumado junto a casa do Cantoneiro T.M.S., a esquerda vê-se a oficina radio montador mais abaixo a casa de Jaime Rei I mais tarde passaria a ser a enfermaria, Janeiro de 1969. A seguir a casa de Jaime Rei II, no lado direito a padaria do Tiburcio vê-se a famosa chaminé, ao fundo a casa com arcadas do Sr. Alvaro Bastos ao lado vê-se um pouco do muro da casa do Sr. Manuel Ferreira, 07-06-1967

 

 

O actor Manuel Cavaco esteve adido á CCS do B/CAV. 1917, cerca de um ano, como Furriel Foto-cine

 

 

B/Art. 786

 

 

Á esquerda Amadeu Silva da  C/Art. 783, e 

Manuel Gouveia da C/Art. 784 do B/Art. 786

 

 

Á esquerda na imagem Sol. Amadeu Silva, ao centro Jorge Meneses

 da C/Art. 783 do B/Art. 786, à direita Francisco "Pônas" C/Cac. 545

do B/Cac. 547 

 

 

Em primeiro plano as instalações militares de Zalala C/Art. 783, ao fundo a Fazenda

 

 

Descanço dos guerreiros, em tronco nu o Sol. Amadeu Silva, junto

a roda de camuflado em pé o Manel da Metrelhadora, Zalala

 

 

 Base militar na Serra do Quitoque, no ceu ve-se o "Pardal" o correio

e a alimentação eram lançados do ar. O B/Art. 786 esteve

no Quitexe de 1965 a 1967 

 

 

 O hastear da Bandeira Nacional no destacamento na Serra do Quitoque no ano de 1966, *eu conheci este destacamento, estive lá uma semana em Junho de 1967, o destacamento foi extinto em 30-6-1967

Funeral do Furriel Miliciano Pinto, e do soldado Alfredo da C/Art. 785 Stª Isabel, do B/Art 786, mortos em acidente de viação 24-4-66, na estrada Quitexe Aldeia Viçosa, foram sepultados no cemiterio do Quitexe
 Dia dos fieis 1966 prestando homenagem aos militares e civis mortos no Quitexe
 
 Posto de vigia Nº 3, em 1965 situado na saida para Aldeia Viçosa, reparem que era totalmente (BLINDADA).
 
Foto cedida pelo amigo Zé Lapa
O encontro do B/Art. 786 realizado no dia 12/06/2010, na Pateira de Fermentelos que estiveram no Quitexe de 1965-67 por sinal o Batalhão, que o meu B/Cav 1917 foi substituir em terras do Uige, o pessoal ainda esta para as curvas, um abraço para o B/Art 786.
 
Foto cedida pelo amigo Viegas
Os amigos do B/Cav 8423, Cavaleiros do Norte que estiveram no Quitexe de 1974-75, encontro realizado em Stª Marinha do Zêzere no passado dia 29-05-2010, força rapazes, um abraço do B/Cav 1917 «OS DINOSSAURIOS».
 
Foto cedida pelo amigo A. Casal
O convivio anual da CCS do B/Cac 3879, que estiveram no Quitexe de 1972-73 realizado no dia 15-05-2010 na Lourinhã, o B/Cav 1917 sauda-vos.
 
O grupo de antigos militares da CCS do BCAV 8423 que reuniu a 12 deSetembro de 2009, na Estalagem da Pateira, em Águeda.
 
Fotos cedidas pelo B/Caç. 443 Os Manguços
 Quitexe 1973, foto tirada junto a igreja, fotos cedidas por Anibal Rosa Quitexe 1973
Jardim do Quitexe na foto Anibal Rosa
Quitexe 1973
Quitexe 1973
Igreja do Quitexe anos 60
Fotos cedidas por Jaime Campos
Igreja do Quitexe restaurada
Cine Moreno, Carmona
Piscina de Carmona
Carmona anos 60
Comando do B/Art 786 em 1966
Amigo José Lapa da CCS do B/Art 786
Procissão no Quitexe 1968
Entrada do Quitexe estrada de Carmona

Batalhões e Companhias que estiveram no Quitexe e Arredores

  

  

 
 
Pelotões de Morteiros e outros
Pelotão de Morteiros 4281 Quitexe 1974-1976
A Irmandande do Furrieis, da C/Cav. 1707, em pé da esq. para a dir. Azevedo, Silva, Vital, Sargº Serrano, Abrantes (falecido), em baixo da esq. para a dir. Patriarca, Brum, Jorge Azevedo e Alípio A esquerda Furriel Luis Patriarca, o Comandante da C/Cav. 1707 Capitão Medeiros e o Furriel Vital, exibem orgulhosamente uma ave de rapina chamada na zona de Juiz do rio, provavelmente uma Águia Pesqueira, Liberato 1968
Apresentação dos locais as autoridades militares no inicio da época das chuvas na Aldeia Viçosa 1968
Major Almeida e Brito, Tenente Coronel António Amaral e o Comandante da C/Caç. 1306 no ano de 1968
Fazenda Liberato, o Comandante do B/Cav 1917 e o Major de Operações Almeida e Brito em 1968
Foto tirada no Quitexe cedida pelo amigo A. Casal, ao fundo vê-se a "Minha Casa do Cantoneiro" antigas T.M.S. do B/Cav 1917
 De novo A. Casal, no padrão construido pela CCS do B/Cav 1917 no ano de 1969, é visival na foto o nosso brasão. A. Casal, esteve no Quitexe entre 1972/73, era Cabo Radiotelegrafista, da CCS do B/Cav 3879
Natal de 1968, Aldeia Viçosa, Companhia 1707, na foto pode ver-se o Furriel Miliciano Luis Patriarca que gentilmente cedeu estas três fotos
Monumento aos mortos, Fazenda Liberato
 Picada do Liberato, "Estância Balnear" da C/Cav.1707, palco da primeira emboscada em 17-07-1967, nesse dia a coluna era comandada pelo Furriel Miliciano Luis Patriarca.
O comandante da companhia era o Cap. Miliciano Jorge António da Silva Medeiros
 
 Alferes Miliciano Cavaco, com o Furriel Estevinho 2 dias antes do acidente, Quitexe 24 de Fevereiro de 1968: O Alferes Miliciano Moura Cavaco era natural de Benavente, guardo do meu "museu" o boné camuflado do "nosso" Alferes Cavaco M.C.
Aqui lhe deixamos a nossa homenagem e saudade.
 
Evacuação do Alferes Cavaco para Luanda, onde acabou por chegar já sem vida.
Nota: O Alferes Cavaco morreu por acidente, ao desactivar uma mina Anti-Pessoal nas imediações da Fazenda Negrão, no dia 26/02/1968, uma terça-feira de carnaval, o pessoal técnico que foi levantar a mina foi o mesmo que a montou.
O acidente deveu-se essencialmente ao facto do capim ter crescido muito com as chuvas, facto que modificou o aspecto local do terreno.
Um ferido a ser evacuado
 Messe dos Sargentos da CCS, Sold. André e Delfim (cozinheiros), Furrieis Campos (falecido), Castro e Aguiar, Sold. Carlos Alberto (falecido), Furrieis Figueiredo, Simões e Estevinho
 Picada, desminagem, algures na zona do Quitexe
O grupo de antigos militares da CCS do BCAV 8423 que reuniu a 12 de
Setembro de 2009, na Estalagem da Pateira, em Águeda.
«Chitaca» Pequena horta, e nova sanzala construidas pela CCS do B/CAV. 1917
 A mesma sanzala, vista de outro angulo

 Saida para Carmona, à direita vê-se a serração, a seguir a sanzala Talambanza, ao fundo à esquerda, o posto dos Voluntários, toda imponente, como pano de fundo a serra do Quitoque «Chitaca» e a igreja do Quitexe

Sanzala, ? que ficava por trás da casa do Cantoneiro (TMS)
Fotos do Quitexe/Maio 69 gentilmente cedidas pelo
Ex-Furriel Enfermeiro CCS do B/CAV1917 João Cláudio
 Foto tirada junto ao padrão, que foi construído pela CCS. do B/CAV 1917. Inaugurado em 17-05-69, Fotografia tirada em 29-05-69. Uma semana depois partimos para Luanda, fim de comissão.
"César"
 
C. CAÇ. - 89..................................................de 61 a 63
B. CAÇ. - 186..................................................de 61 a 63
C. ART. - 106.................................................de 61 a 63
B.CAÇ. - 317..................................................de 61 a 63
C. CAÇ. - 415.................................................de 63 a 65
B. CAÇ. - 443.................................................de 63 a 64
B. CAÇ. - 547.................................................de 64 a 65
B. ART. - 786.................................................de 65 a 67
B. CAV. - 1917...............................................de 67 a 69
C. CAÇ. - 1306...............................................de 67 a 69
B. CAÇ. - 2873...............................................de 69 a 70
B. CAÇ. - 2925...............................................de 70 a 72
B. CAÇ. - 3879...............................................de 72 a 73
B. CAÇ. - 4211...............................................de 73 a 74
B. CAV. -8423...............................................de 74 a 75

*Pelotões de Morteiros e outros

34..................................................................de 61 a 64
936................................................................de 64 a 66
1064..............................................................de 66 a 68
2003.............................................................de 68 a 70
2198..............................................................de 70 a 72
3095.............................................................de 72 a 74
4281..............................................................de 74 a 75
P/BTR. 1757.........................................................1968
P/Intendência 579/A...................................de 67 a 69
Se permaneceste no Quitexe - Angola durante a Guerra
Colonial contacta-me, César B/CAV.1917
*Dados sujeitos a alterações
"César"
S.P.M. do B/CAV 1917 Quitexe 67-69 Angola
<a href="http://4.bp.blogspot.com/_MmAmy70QZ_o/Sls


publicado por cesarbcav1917 às 10:43 | link do post | comentar | favorito

14 comentários:
De Anónimo a 13 de Julho de 2009 às 16:28
O amigo César vai desculpar-me mas isto era um luxo! Bom, estou a falar do Cardápio! Agora, quanto à comida o Sr. é que sabe!
Pode abrir-se amigo! Não se esqueça que morámos na mesma casa no Quitexe! Quem diria heim!...E mais - quando se entrava no corredor, o meu quarto ficava logo à direita. Tinha três camas e a minha era à direita quando se entrava!. Como vê, olhe as coisas que eu sei daquela casa!
Abraço
A. Casal


De CÉSAR a 23 de Julho de 2009 às 22:20
amigo a.casal as minhas saudaçõs,diz que moramos na mesma casa no quitexe,para meu espanto não estou a ver essa casa,não se importa de dizer o local?qual era a sua especialidade tms? só pode ser.
um abraço
cesar


De Anónimo a 24 de Julho de 2009 às 10:11
Caro César
Estive no Quitexe entre Abril de 72 e Abril de 73.1º Cabo Radiotelegrafista. Morei na chamada casa das transmissões (assim ficou baptizada),em frente à casa do Cantoneiro. Ou seja, a 1ª casa do Quitexe do lado esquerdo de quem vinha de Carmona. Penso que o amigo também lá terá morado, embora tenha permanecido muito mais tempo na casa do Cantoneiro.A foto que aparece juntamente com o texto que à algum tempo enviei ao amigo Viegas è bem demonstrativo do local. Como eu dizia noutro comentário, o quarto dos ràdiotelegrafistas era o 1º do lado direito e dos Transmissões de Infantaria era um maior e logo a seguir à esquerda. A casa de banho grande à direita e um outro quarto com acesso pela varanda destinado aos Ràdiomontadores.Estes, por sua vez, tinham a oficina numa sala com ligação para a rua e virada para a rua de cima. Era esta o cenário na minha época.
Falei ontem com o meu irmão que chegou ao Quitexe a 01/6/69 às 16.30 horas. Isto já comentei no blog do amigo Viegas mas ainda não está publicado.Nesse dia, conta o meu irmão, morreu um colega seu. Terá, a título de brincadeira tirado o boné a um maçarico e que ao cair ficou debaixo do rodado duma viatura militar.É de facto uma situação um tanto absurda.
Já agora, a casa do Cantoneiro foi toda restaurada e toda a área envolvente embelezada com jardim e verdura.Como vê, a casa que foi sua durante tanto tempo, não foi desprezada. Agora, não direi o mesmo mas isso são outras histórias
de que a história falará.
Desculpe lá ter sido extenso, mas falar com quem esteve naquelas paragens é para mim um prazer.
Aproveito para comentar sobre o Sérgio Borges, ex-vocalista do Conjunto Académico João Paulo, que pessoalmente conheci mas em terras portuguesas. Foi o facto
de ter andado por essas paragens a actuar para as tropas, que ditou práticamente o fim da sua promisora carreira. Depois do 25 de Abril, nunca lhe perdoaram o apoio aos militares do Ultramar. Bom, mas isto são apenas curiosidades.
Durante estes 86 anos não vai haver "Senhor", depois a gente fala!
Um abraço
A. Casal
Marrazes - Leiria

antoniocsfonseca@hotmail.com


De Anónimo a 13 de Janeiro de 2013 às 14:29
Diz o sr. A. Casal que o seu irmão chegou ao Quitexe em 01-06-1969.
Eu tambem cheguei nesse dia era da CCS b caç 2873.
Posso saber quem era o seu irmão ?

Cumpts
José Gonçalves


De J. Lapa a 25 de Julho de 2009 às 18:23
Amigo Casal,de facto o cardápio não era nada mau, assim como a comida.Mas no regresso a coisa já não era bem assim...Já não eramos necessários!
Eu também estive no Quitexe, no BARTª786 (65/67). Estava colocado no Comd. do Batalhão, que na altura, era um pouco mais acima das transmissões (frente á Escola Primária).
Um abraço
J. Lapa lapa.jose@hotmail.com


De mané a 19 de Setembro de 2009 às 20:24
Boa noite. Já falei com um Manguço, e segundo a memória não lhe falha, os Manguços foram render o Bat. 347


De Arlindo de Sousa a 10 de Outubro de 2009 às 04:06
Amigo César,
A primeira companhia que em 1961/63 esteve no Quitexe foi a Companhia de Caçadores 89 comandada pelo capitão Sampaio Nunes. Dos comandantes de pelotão, recordo o na altura alferes Folques e o alferes Quintas.
Saudações,
Arlindo de Sousa


De Anónimo a 23 de Outubro de 2009 às 11:33
Amigo César
O facto de eu estas sentado no padrão, não significa que esteja ou vá cavalgar!
Quando muito, estarei a observar qualquer coisa que valha a pena caçar!
É isso mesmo César: Batalhão de CAÇ 3879.
Abraço
Casal


De mané a 12 de Novembro de 2009 às 23:55
Amigo Cesar, pelo que sei, os Manguços, foram rendidos pelo Bat.Caç.547 no Quitexe. E em seguida foram rendidos pelo Bat.Art.786, em Salazar.
Foto da Maria Lazara, ainda nao encontrei, mas ela esteve num dos nossos convivios, pode ser que alguem tenha, vou tentar saber.
Um abraço.


De J. Lapa a 15 de Novembro de 2009 às 17:02
Amigo Mané, o B.Artª786 rendeu o B.Caç547 no Quitexe e não em Salazar.
O B.Artª786 esteve os dois anos (65/67) no Quitexe.
Um abraço
José Lapa


De filipe branco a 17 de Dezembro de 2009 às 22:19
Amigo Casal nao tenho bem na ideia o vosso posto de transmicoes mas nao devia de andar longe do meu quarto,que era na casa que tinha uma mesa de ping
.pong ca fora.Falas-te no tupeto,quebom que eram aqueles frangos de churrasco,quando ia-mos buscar o correia a Carmona na bedford,havia uma fazenda que eu nao tenho a certeza se era a PUMBASSAI quando la ia-mos eramos sempre bem tratados o que nao acontecia noutras.Tenho uma foto em Ambrizete na praia onde se ve o BRINCA NA AREIA,mas isso fica para outro comentario
Casal um grande abraco para ti e para este camarada CESAR
F.BRANCO


Comentar post

mais sobre mim
Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

Proximo Convivio

Outras fotos/Documentos I...

45 Anos

...

Outras Fotos/Documentos I...

Outras Fotos/Documentos

Videos

Fotos Convivios

Galeria da Saudade

Convivio 05/2010 Torreira

arquivos

Setembro 2014

Março 2013

Junho 2012

Fevereiro 2012

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Outubro 2008

blogs SAPO
subscrever feeds